Antibiótico corta o efeito do anticoncepcional?

Será que os antibióticos cortam o efeito dos anticoncepcionais?

Os antibióticos, assim como qualquer sustância, podem interagir de várias maneiras com os anticoncepcionais, desde a absorção e biodisponibilidade no trato digestivo até a metabolização no fígado podem ser afetados pela interação medicamentosa. Porém essa interação pode ser tanto aumentando o efeito contraceptivo como diminuindo o efeito contraceptivo.

Há muitas controversas em relação aos antibióticos que afetam negativamente o efeito dos anticoncepcionais. De uma forma geral eu sempre oriento minhas pacientes a usar camisinha ou não ter relações sexuais quando estão fazendo tratamento médico com antibióticos.

Relação dos possíveis antibióticos que podem cortar o efeito do anticoncepcional:

O que fazer quando teve que tomar antibiótico e usa anticoncepcional?

Nunca pare de tomar o anticoncepcional (isso piora a situação), continue tomando normalmente e evite relações sexuais ou use preservativo. Caso já tenho tido relações nesse período não mais o que fazer além de seguir essas orientações a partir daqui.

Já conheci uma paciente que diz ter engravidado quando tomou ampicilina (ela tomava pílula oral) e alguns colegas já tiveram problemas parecidos com outros antibióticos, também ressalto que muitas pacientes tomam anticoncepcional e tomam antibiótico e nunca engravidaram, então podemos afirmar que os antibióticos podem diminuir o efeito dos anticoncepcionais, porém nem sempre essa redução sobre a ação dos anticoncepcionais chega ao ponto de levar a uma gravidez.

Essas recomendações valem para pílula oral, pílula do dia seguinte, injeção anticoncepcional e adesivo anticoncepcional.

Tomei poucos comprimidos do antibiótico, tem risco de engravidar?

Muito provavelmente não, o possível risco de gravidez (quando existe) refere-se a tratamentos por vários dias com antibiótico.

Devo tomar a pílula do dia seguinte?

A prescrição de medicamentos não é permitido pela internet, então não podemos indicar ou contraindicar algum tipo de remédio, porém de forma geral podemos dizer que raramente é necessário tomar a pílula do dia seguinte ao tomar antibiótico, outras medidas podem ser muito mais eficazes.

Devo usar a camisinha?

Sim! Camisinha é sempre uma boa opção, protege da gravidez e também de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs).

Quantos dias depois de parar o antibiótico estou segura de não engravidar?

7 dias depois de parar com o antibiótico e tomando o anticoncepcional nesses 7 dias, presume-se que não haja mais nenhum efeito sobre o anticoncepcional estando dessa forma novamente a mulher protegida.

4 thoughts on “Antibiótico corta o efeito do anticoncepcional?

  1. Carolina

    Olá! Estou meio preocupada porque estou sentindo muito sono, porém ainda não estou na época de menstruar. Fiz uso de amoxicilina que se iniciou no mesmo período da pausa do anticoncepcional e quando retomei o uso do anticoncepcional a amoxicilina já havia terminado. Você acha que corro o risco de estar grávida? Aguardo ansiosa o retorno. Att Carolina!

    Resposta:
    Sempre há um possível risco, porém o mais provável é que não esteja grávida!

    Reply
  2. marta

    Olá! Eu tomo Nociclin e fiz um tratamento com infectrin, corro riscos de estar grávida?

    Resposta:
    Provavelmente não!

    Reply
  3. Ana Queiroz

    Eu fiz um tratamento com pyloripac e minha menstruação esta atrasada, posso estar grávida? Me ajude por favor!

    Resposta:
    Sim, pode ser gravidez, porém muitos outros diagnósticos também causam atraso menstrual!

    Reply
  4. Karine

    Eu tomo a injeção depoprovera, só que tive que fazer um tratamento com amoxicilina, corro o risco de engravidar?

    Resposta:
    Não!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *