Saiba como:

#Fazer parte da nossa lista exclusiva

#Receber conteúdo atualizado

#Participar de eventos online

#Participar de cursos online

#Cadastro gratuito rápido e fácil

#Não enviamos spam

#Seu e-mail estará sempre protegido

Cadastre-se agora mesmo:


Imunoglobulinas IgM, IgG, IgA, IgE e IgD

Posted by in Saúde e Bem Estar | 6 comments

As imunoglobulinas são como o próprio nome diz “globulinas com função imunológicas”. São proteínas especiais e altamente especializadas com função de defesa do organismo, são os nossos anticorpos.

De uma maneira simplificada os anticorpos são produzidos quando o corpo entra em contato com algo estranho o que é chamado em medicina de antígeno (vírus, bactéria e sustâncias químicas), após produzindo o anticorpo fica circulando no sangue e em muitas células e secreções (saliva, leite) e quando entra em contato com o antígeno se liga a ele, quando isso acontece o anticorpo pode destruir o patógeno (microrganismo causador de doença) e uma série de reações no organismo humano ocorrem desencadeando a defesa celular.

IgM ou Imunoglubulina M

Este é o principal anticorpo de reação aguda, é o primeiro que surge e predomina no início da reação imunológica contra um determinado patógeno (microrganismo causador de doença). A IgM confere uma imunidade de resposta rápida, porém não muito efetiva e com uma duração pequena (dias, semanas ou meses);

IgG ou Imunoglobulina G

IgG é nosso principal anticorpo (cerca de 85% do total de imunoglobulinas no nosso corpo são IgG), Aparece já num estágio posterior ao da IgM e confere uma imunidade mais efetiva e duradoura (meses e anos – toda a vida para algumas doenças); Tanto o IgG e o IgM são específicos para determinadas doenças, ou seja você precisa criar um anticorpo para cada doença. As IgM e IgG que combatem a toxoplasmose não tem eficácia contra a rubéola, o organismo precisa produzir imunoglobulinas específicas para a toxoplasmose e para a rubéola assim como para outras doenças.

IgA ou Imunoglobulina A

IgA é o principal anticorpo presente em nossas mucosas e secreções (boca, nariz, garganta, pulmões, trato urinário e genital), confere uma imunidade mais dirigida às bactérias. Funciona como uma espécie de barreira “um escudo” nos locais em que está presente, protegendo nosso organismo das infecções.

IgE ou Imunoglobulina E

A imunoglobulina E está intimamente ligada aos processos alérgicos, é predominantemente um anticorpo das alergias, é responsável pelo disparo da cadeia imunológica das alergias e está geralmente aumentado nos paciente que sofrem com alergias.

IgD ou Imuglobulina D

A IgD é uma imunoglobulina encontrada na superfície dos linfócitos (um tipo de célula de defesa), provavelmente responsável por ser um receptor de antígenos (funciona como um receptor de informações paras que o linfócitos possa trabalhar.

Quando se faz exame de imunoglobulina na verdade não se verifica a presença da doença ou do microrganismo e sim a resposta imune do corpo humano mediada por anticorpos, o que de certa forma (indiretamente) leva ao médico a uma conclusão diagnóstica e por meio dos anticorpos, também saber em que estágio da infecção o paciente está (IgM positivo é igual a infecção recente e IgG positivo é igual a uma infecção antiga).

Dentre as doenças que podem ser diagnosticadas por meio dos anticorpos as mais comuns são: Alergias, Citomegalovírus, Hepatites, Herpes, HIV, Rubéola, Toxoplasmose, entre muitas outras.

Saiba como:

#Fazer parte da nossa lista exclusiva

#Receber conteúdo atualizado

#Participar de eventos online

#Participar de cursos online

#Cadastro gratuito rápido e fácil

#Não enviamos spam

#Seu e-mail estará sempre protegido

Cadastre-se agora mesmo:


6 Comments

  1. Parabéns!!! Ótima explicação!

  2. Excelente explicação! Muito esclarecedora! Parabéns!

  3. Era o que eu estava precisando para tirar minhas dúvidas, obrigado!

  4. Parabéns pela explicação, será muito útil hoje na minha prova bimestral em Hemoterapia… obrigado!!!

  5. Tirou minhas dúvidas, havia procurado em vários sites e não havia encontrado nenhuma resposta completa sobre IgE e IgA

  6. Achei maravilhosa a exposição da matéria.
    De posse do resultado do meu exame, eu me vi com um hieróglifo nas mãos.
    Depois de ler a matéria acima, não só entendi os resultados, como refresquei a cuca.
    Parabéns pela explanação

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>