O que é ZEI – Zona Elétrica Inativa?

No meu exame de eletrocardiograma veio com os seguintes dizeres: Ritmo Sinusal, Alterações difusas Inespecíficas da Repolarização Ventricular e Presença de ZEI – Zona Elétrica Inativa em parede inferior. O que é ZEI – Zona Elétrica Inativa em parede inferior?

Qual o significado de ZEI – Zona Elétrica Inativa – no eletrocardiograma?

O eletrocardiograma avalia o funcionamento cardíaco de maneira indireta pela avaliação dos sinais elétricos do coração. Uma zona elétrica inativa é uma área do músculo cardíaco onde não há atividade elétrica. A atividade elétrica percorre o coração e causa sua contração (o coração é um músculo). Se não há atividade elétrica significa que nesta área específica o músculo cardíaco está danificado (alguma lesão atual – situação menos comum) ou foi substituído (uma lesão antiga – situação mais comum).

ZEI – Zona Elétrica Inativa – significa doença no coração?

Pode significar, porém não necessariamente em todos os casos.

Quais as doenças que podem aparecer ZEI – Zona Elétrica Inativa?

Geralmente a ZEI decorre da presença de uma lesão cicatricial composta por fibrose (cicatriz) no local do seu aparecimento (por exemplo, parede inferior do coração, como no exemplo acima). Essa lesão cicatricial pode ser o resultado de um infarto antigo ou alguma lesão no coração que resultou em uma área limitada de fibrose.

A ZEI – Zona Elétrica Inativa é perigosa ou grave?

Geralmente não, porém depende da causa e da extensão da área cardíaca afetada.

Leia também:

 

One thought on “O que é ZEI – Zona Elétrica Inativa?

  1. Rosenei Budde

    Boa noite… Minha mãe fez eletrocardiograma e deu área inativa na parede anterior, gostaria de saber se é algo mais grave. Agradeço desde já!

    Resposta:
    “Zona inativa geralmente é uma área do tecido cardíaco que foi substituído por fibrose em decorrência de um processo inflamatório que pode ter sido decorrente de um infarto ou outras doenças. Somente o médico dela ao esclarecer o caso pode dar o diagnóstico e consequente qual a gravidade.”

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *