Saiba como:

#Entrar em contato com Dr Charles

#Tirar todas as suas dúvidas

#Fazer parte da nossa lista exclusiva

#Receber conteúdo atualizado

#Participar de eventos online

#Participar de cursos online

#Cadastro gratuito rápido e fácil

#Não enviamos spam

#Seu e-mail estará sempre protegido

Cadastre-se agora mesmo:


Pangastrite Enantematosa Leve

Posted by in Doenças e Sintomas, Exames para Diagnóstico | 7 comments

No meu exame de endoscopia apareceu que estou com pangastrite enantematosa leve e teste de urease positivo… Fiz esse exame porque o médico me pediu; ando sentindo muito enjoo e mal-estar, parece que tudo que como me faz mal, já emagreci, as vezes tenho dor no estômago,mas o que mais incomoda é o enjoo. Queria saber o que significa tudo isso?

Diante dos seus sintomas a realização da endoscopia é prudencial e o resultado apresentado no exame é compatível com os seus sintomas. A gastrite é a inflamação da mucosa do estômago (a mucosa e o tecido que reveste internamente o estômago e tem como principal função a proteção do próprio estômago contra a ação do suco gástrico).

O que é pangastrite?

Pangastrite é a inflamação de toda a mucosa do estômago.

O que é pangastrite enantematosa?

A pangastrite enantematosa é como se descreve o aspecto da mucosa durante a visualização no exame de endoscopia. Enantematosa é de forma resumida e simplificada: aspecto avermelhado e edemaciado.

O que é pangastrite enantematosa leve?

O significado da pangastrite enantematosa você já sabe pela descrição acima, o “leve” significa a graduação, o grau de inflamação na mucosa, que pode ser graduado desde leve até acentuado (ou grave); ou seja pangastrite enantematosa leve é o grau mais simples e de menor gravidade.

Qual as causas da pangastrite enantematosa leve?

Existem muitas causas para a pangastrite: ansiedade, estresse, Helicobacter pylori (uma bactéria), cigarro, bebidas alcoólicas, alimentação errada, uso de medicamentos, doenças (gastrite pode ser secundária a outra doença).

Quais os sintomas da pangastrite enantematosa leve?

  • azia
  • estufamento ou gases
  • dor no estômago
  • náuseas ou enjoo
  • vômito
  • falta de apetite
  • fraqueza
  • dor de cabeça

Qual é o tratamento para pangastrite enantematosa leve?

O tratamento para pangastrite inclui tratamento da causa principal (antibióticos, por exemplo se for causado por Helicobacter pylori), mudança de hábitos de vida (abandono de cigarro, bebidas alcoólicas e fatores estressantes), mudança nos hábitos alimentares e, também, uso de remédios (os inibidores da acidez estomacal são os mais comumente usados: omeprazol ou ranitidina – são apenas dois exemplos, existem muitos outros; também podemos usar remédios protetores da mucosa estomacal e antiácidos como o hidróxido de alumínio ou outros). O importante é que o tratamento deve ser feito pelo seu médico. Não tome remédios sem receita médica, a auto-medicação é perigosa e desnecessária.

Qual a dieta para pangastrite enantematosa leve?

A alimentação ideal para pangastrite é uma alimentação equilibrada, rica em vegetais e pobre em gorduras e açucares. Deve-se evitar ficar muitas horas sem comer (estômago vazio aumenta a acidez e a lesão na mucosa).

O que devo evitar quando tenho pangastrite enantematosa leve?

A principal orientação para uma pessoa que tem pangastrite é: evite tudo aquilo que sabidamente lhe faz mal (nem todas as situações, alimentos e bebidas tem o mesmo efeito em pessoas diferentes, o que faz mal para uma determinada pessoa, pode não fazer mal algum para a outra, além disso abaixo há uma lista de coisas importantes que devem ser evitadas.

  • evitar todo tipo de frituras e alimentos gordurosos;
  • evitar todos os alimentos doces e ricos em açúcar simples (doces e refrigerantes em geral);
  • evitar café, chimarrão, chá preto, energéticos e todas as bebidas estimulantes;
  • evitar bebidas alcoólicas;
  • evitar o cigarro;
  • rever os medicamentos em uso.

Leia também:

Saiba como:

#Entrar em contato com Dr Charles

#Tirar todas as suas dúvidas

#Fazer parte da nossa lista exclusiva

#Receber conteúdo atualizado

#Participar de eventos online

#Participar de cursos online

#Cadastro gratuito rápido e fácil

#Não enviamos spam

#Seu e-mail estará sempre protegido

Cadastre-se agora mesmo:


7 Comments

  1. Já tive metaplasia intestinal, fiz tratamento minha duvida ela pode voltar? Estou novamente com dor e inchaço no estomago.

    Resposta:
    Sim!

  2. Parabéns pela explicação me deixou muito mais tranquilo, pois o resultado do meu exame foi o mesmo.

  3. Fiz ultrassom estou com pedra vesícula, de 6cm cúbicos, e fiz endoscopia deu esofagite erosiva distal grau a Los Angeles, e pangastrite enantematosa leve, a pedra na vesícula pode causar esses dois diagnósticos? Obrigado.

    Resposta:
    “São doenças distintas e nenhuma delas é fator causal das outras.”

  4. Foi muito importante para mim esse conhecimento. Assim vou conseguir me curar dessa pangastrite.

  5. Adorei saber mais sobre o que tenho, fiz uma endoscopia e descobri!

  6. Eu tenho pangastrite enantemática leve, isso tem cura definitiva?

    Resposta:
    Há cura definitiva para a atual pangastrite, porém você pode ter novamente!

  7. A pangastrite enantematosa leve, o médico me disse que já está no meu sangue, vou ter que tomar um remédio durante 20 dias e repetir o exame de sangue, é grave?

    Resposta:
    a pangastrite enantematosa leve é uma doença exclusiva do estômago e não “aparece no sangue”, talvez esteja havendo confusão com outras situações, mas fique tranquila que a pangastrite enantematosa leve, como o próprio nome já diz, é leve e não é grave quando adequadamente tratada.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>